::Confraria do Júri::

Uma das finalidades da Confraria do Júri: promover os valores, os princípios e a identidade cultural do Tribunal do Júri nacional. - Confraria do Júri

 
 

 

      

Enquete

Você é a favor da ampliação da competência do Tribunal do Júri para outros crimes seguidos de morte?
 
Sim, para qualquer crime doloso seguido de morte.
Sim, com exceção do estupro seguido de morte.
Não. A competência do Tribunal do Júri deve permanecer a mesma.
Não tenho opinião formada.

 
Ver resultados
 
  
  
     Notícias
 
08/09/2017  - MT: Acusado de matar grávida irá a júri no dia 12
 
Ana Luíza Anache - TJ-MT

Tiago Carvalho de Oliveira será julgado na próxima terça-feira (12 de setembro), às 13h30, em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Cuiabá, pelo assassinato de Herica Patricia Oliveira Rodrigues. A vítima estava grávida e foi morta a facadas. O crime ocorreu em julho de 2015, em um matagal no bairro Nova Conquista. Conforme o processo, “o denunciado, com vontade inequívoca de matar, valendo-se de motivo torpe e cruel, dificultando a defesa da vítima e utilizando-se de um instrumento contundente, efetuou golpes na vítima, causando-lhe inúmeras lesões, resultando na sua morte”.

O júri será presidido pela juíza titular da 1ª Vara Criminal da capital, Monica Catarina Perri Siqueira. De acordo com a denúncia, o acusado e a vítima tiveram relações sexuais meses antes do delito e, um tempo após se relacionarem, ela ficou grávida. Descontente com a possível paternidade, o que ensejaria despesas com o bebê, o indiciado resolveu matar a jovem. Para isso, organizou uma emboscada e atraiu Herica ao local do crime.

Segundo o processo, o crime foi cometido por motivo fútil, com emprego meio cruel, mediante recurso que dificultou a defesa da ofendida. Tiago responderá ainda pelo artigo 127 do Código Penal, que prevê o aumento da pena em um terço em consequência do aborto ou dos meios empregados para provocá-lo.

No dia 14 de setembro, José Luiz de Andrade irá a júri pela morte de Edinalva Gonçalves dos Santos, em março de 2009, no bairro CPA IV. O crime também teria sido cometido por motivo torpe, meio cruel e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Edinalva foi espancada e encontrada morta por traumatismo craniano encefálico, conforme o laudo de necropsia. Narra a denúncia que após ter consumado o homicídio, o denunciado pegou o aparelho celular, o aparelho de DVD, a bolsa e os documentos pessoais da vítima antes de fugir do local.

Thiago de Sousa Vieira será julgado no dia 19 de setembro pelo homicídio de Allan Cardoso de Arruda e homicídio tentado de Vitor Hugo Alves Lara, em julho de 2011, na frente da Escola Municipal Filogonio Correa, bairro Campo Velho. Outros 15 julgamentos constam na pauta mensal da 1ª Vara Criminal, cuja competência é presidir e julgar, em sessão permanente, os processos da competência do Tribunal do Júri. Confira aqui (link) o documento.

Voltar


comente/critique essa matéria

 
Telefone

 Confraria do Júri - Rua 6, s/n�, CPA - Cuiab�/MT

  Produzido por Coltri Consultoria e Assessoria Organizacional
  www.coltri.com.br - fone: (65) 8404-0247